Escola Lourdes Lago, de Chapecó, bate Concórdia e é campeã feminina do Bom de Bola SC 2016

27/11/2016
Carlos Stegemann

Com um futebol aplicado e eficiente no meio de campo e grandes defesas da goleira Bia, a Escola de Ensino Básico Lourdes Lago, de Chapecó, venceu a EEB Vidal Ramos Júnior, de Concórdia, por 1x0 e conquistou o título feminino do Bom de Bola 2016, disputado em São Ludgero, no sul catarinense. Bruna, a camisa 10 do time, foi a autora do gol que definiu o placar e rendeu o troféu Ângelo Fantin às garotas chapecoenses.

A final feminina do Bom de Bola SC reuniu as duas melhores equipes do certame. O time de Chapecó chegou à final com cinco vitórias, enquanto a equipe de Concórdia teve quatro vitórias e um empate. O duelo teve um tempero a mais com a rivalidade regional do Oeste Catarinense.

O primeiro tempo foi muito truncado e de poucas oportunidades. Na melhor chance concordense, Emanuela Balbinot, camisa 10 e destaque da Vidal Ramos Júnior, arriscou de fora da área, mas o chute saiu fraco e facilitou a defesa da goleira Bia. Chapecó também teve chances de chegar ao gol, mas esbarrou em erros de finalização e na goleira Bruna.

No segundo tempo, um lance polêmico: o time de Chapecó errou a saída e a bola ficou com Suelen Telles, que tentou encobrir a goleira adversária. A bola passou muito perto do travessão e balançou a rede, gerando comemorações das garotas de Concórdia. A arbitragem, porém, sinalizou que a bola passou por fora e acertou na decisão.

O jogo parecia encaminhado para os pênaltis, mas nos minutos finais Bruna Santos, da Lourdes Lago, recebeu lançamento no meio das marcadoras e, cara a cara com a goleira, rematou com força para marcar o gol do título.

“A emoção é muito grande. Não fui feliz nas três primeiras finalizações, mas na quarta fui com vontade e fiz o gol, que dediquei aos meus pais”, disse Bruna após o apito final.

O título fechou com chave de ouro a campanha perfeita da EEB Lourdes Lago, que conquistou seis vitórias em seis partidas, marcando 20 gols e não sofrendo nenhum. O treinador da equipe Amauri Giordan também destacou a qualidade das adversárias para ressaltar o valor dessa conquista. “Trabalhamos desde janeiro e conseguimos essa conquista. A equipe de Concórdia é muito boa e está de parabéns. Os dois chegaram à final de forma merecida e se fossem eles quem tivessem vencido a gente também teria ficado feliz porque o título vai para o Oeste”, finalizou.

Fotos: Carlos Stegemann