Kauê e Murilo, um duelo de excelência

09/12/2016
 
Desde a chegada do time do Colégio Elias Moreira a São Ludgero o nome de Kauê Simas Pieper, 14 anos, sobressaía. O ponteiro direito rápido (camisa roxa 7), habilidoso e objetivo foi um dos melhores do torneio sócio esportivo Bom de Bola SC 2016, cujas finais foram disputadas na cidade da região sul-catarinense. Seu marcador na partida decisiva foi Murilo Machado (camisa amarela 17), também de 14 anos, do Colégio Incentivo (Biguaçu), que se sagrou campeão.
 
“Foi muito trabalhoso, não desgrudei dele e em alguns momentos precisei da ajuda de meus companheiros de zaga”, explicou. O duelo esteve entre os mais tensos momentos da partida, com sucessivas faltas e provocações recíprocas. “Como nos enfrentamos na primeira fase (quando o Incentivo venceu por 3x1), já conhecia o estilo dele. Mas não foi fácil”, admitiu.
 
 
Kauê faz jus ao binômio “bom de bola e bom de escola”, com notas acima da média, mesmo já dividindo o tempo com os treinos no sub 14 do Joinville Esporte Clube. Com cinco anos de idade já jogava futsal. O pai, Sergio Luis, foi júnior do JEC. “Vi muitos craques que não se profissionalizaram. Vamos apoiar uma provável carreira no futebol, mas os estudos são a prioridade”, garante. 
 
Fotos: Carlos Stegemann