Um sonho que virou realidade para Willyan Flores

07/04/2017
Willyan - segundo da esquerda - virou profissional/ Arquivo Pessoal

Quem não sonha em ser jogador de futebol profissional? Milhões de meninos e meninas alimentam esse desejo. E quando o sonho vira realidade? Willyan Flores (segundo da esquerda para a direita) já viveu essa experiência. Em 2015, quando tinha apenas 16 anos, ele disputou jogos da série A do Campeonato Catarinense com a camisa do Guarani de Palhoça. Agora, sabe onde tudo começou? No Bom de Bola, em 2012.

"Disputar esse campeonato foi umas das melhores oportunidades que tive, pois foi por meio desse projeto que comecei a me tornar um atleta profissional. E foi muito importante ter passado por isso, pois lá você aprende a ter união com seus companheiros e, principalmente, a ter respeito pelas pessoas que te rodeiam", relembra.

Nascido e criado em Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis, Willyan é zagueiro do time Sub-20 do Ituano, de São Paulo. Mesmo longe, ele não se esquece dos momentos vividos no maior campeonato escolar de futebol do Brasil.

"Foi muito bom ter jogado o Bom de Bola. Hoje sinto saudades daquela época, onde o que mais queríamos era nos divertir com nossas amizades e com nosso futebol. O Luis Carlos Cruz, um dos idealizadores do projeto, sempre dizia: ‘A gratidão é a memória do coração. Nunca se esqueçam de quem vocês são e de quem levou vocês onde estão hoje’”, finaliza.