Jogador revelado no Bom de Bola atua no Uruguai

21/08/2017
Divulgação Axel Costa

Os apaixonados pelo esporte bretão sempre repetem a célebre frase “futebol é uma caixinha de surpresas”. E para o gaúcho Axel Costa, de 21 anos, tem sido assim desde seus primeiros chutes a gol. O atual jogador do time uruguaio Cerro Largo saiu dos gramados do Bom de Bola para brilhar em 13 equipes de 10 cidades diferentes. Na competição escolar o garoto atuou de 2006 a 2009 defendendo as cores da equipe da Escola Santa Izabel, de Candiota.

“Lembro como se fosse hoje o dia que fui jogar em Dom Pedrito. Um pessoal gostou do meu futebol e me chamou para jogar em seu clube. Portanto, o Bom de Bola foi meu primeiro passo e naqueles campos do torneio me encontrei”, recorda o jogador que durante o torneio escolar foi convidado a atuar pelos juniores do Flamengo de Alegrete.

Axel superou um câncer linfático aos 16 anos, quando foi convidado a terminar seu tratamento no Brasil de Pelotas, time em que se profissionalizou e passou a jogar no comando do técnico Rogério Zimmermann.  A partir disso integrou diferentes equipes, como o Grêmio de Porto Alegre e XV de Piracicaba, onde foi contratado a pedido do técnico e ex-zagueiro da seleção brasileira Roque Júnior.

           “O que me alçou para carreira de jogador profissional foi o Bom de Bola. Jamais imaginaria antes do torneio que seria um atleta e foi ali que tudo começou para mim”, destaca o meia.​