Árbitro do Bom de Bola destaca a reponsabilidade de apitar uma das finais do torneio

09/11/2017
 
Minutos antes da finalíssima do Masculino A do Bom de Bola Paraná, Esmeraldo Ricardo, o árbitro relacionado para a partida, já relatava o 'friozinho na barriga' por apitar um jogo decisivo do maior campeonato de futebol escolar do país. “Um pouco de nervosismo é normal em um embate desta grandeza no campeonato, mas ao entrar em campo encaro unicamente a responsabilidade de impor o cumprimento das regras do esporte” completa.
 
Esmeraldo Ricardo fez parte do grupo de 20 árbitros que apitaram os jogos - orientados por Valmir Pereira, coordenador designado pela Associação Profissional dos Árbitros de Futebol do Paraná (Apaf-PR) para dirigir a comissão de arbitragem do Bom de Bola Paraná 2017.  “Tudo ocorreu bem durante os jogos e tivemos o bom senso de preservar os atletas ao paralisar uma das partidas decisivas por 15 minutos por conta de uma forte tempestade”, relata Pereira.  
 
Na partida apitada por Esmeraldo Ricardo, com os auxiliares Bruno Roling e Nelson Mariano, os garotos de uniforme amarelo do CE Lourdes Melo, de Itaguajé, ficaram com o título ao vencer por 2 x 0 a equipe do CE Antonio Carlos Gomes, de terra Roxa. O jogo aconteceu no Estádio Municipal Antônio Massareli, em Goioerê, e os gols foram de Lucão Ricardo e Gabriel.